Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Teste

123 teste

Anúncios

Read Full Post »

Das antigas

Meninas,

Nessas férias, cheguei à conclusão de que sou do tempo em que pai e mãe é que tomavam conta dos filhos. Surpresa com essa constatação? Explico.

Nunca vi tanta criança cuidada por babás. Vocês podem me perguntar: “Ué, mas você também não tem uma?”. E eu respondo. Claro, mas ela toma conta do meu filho nas minhas ausências, primordialmente quando estou no trabalho ou quando tenho que me desincubir das minhas tarefas de dona de casa. Vá lá, e quando dou umapassadinha no salão pra ficar bonitinha ou quando pego um cinema com maridão nas sextas à noite. E só. Fim de semana é com a gente. Feriados e férias também. Depois que chego de trabalho, ou durante à noite, quando ele acorda, idem. Quem dá banho no Davi à noite é o maridão. E eu enxugo, penteio o cabelo, coloco o pijama, passo hidratante, dou as gotinhas homeopáticas, faço e dou o leitinho e ufa!, coloco pra dormir, o que às vezes pode demorar até 40 minutos. Isso tudo eu faço, mesmo quando a babá dorme em casa, o que acontece três vezes por semana. E vou confessar uma coisa, ela dorme mais por uma questão de economia e também porque gosto e preciso que ela esteja cedinho lá em casa. Quase nunca nos valemos dessa comodidade pra sair. Só agora estamos nos aventurando a tanto, e só depois de botarmos Davi pra dormir.

Fazemos questão de cuidar do nosso miudim e acho, sinceramente, que isso faz toda a diferença. A relação entre a gente fica muito mais próxima e especial. Ele sente isso e por isso, é tão apegado a nós. Acho que não suportaria ver meu filho chorando quando a babá fosse embora. Ou se preferisse ficar na companhia dela do que na nossa. Quando estamos em casa, ele nem lembra que tem uma babá.

Nas férias, como das outras vezes que fomos pra Fortaleza, minha mãe arrumou uma pessoa pra me ajudar. E ela me ajudou muito. Como?Lavava e passava a roupa do Davi, sempre arrumava a bolsinha dele com tudo que precisava, trocava a fralda quando eu não estava, brincava um pouquinho com ele enquanto nós descansávamos, limpava o apartamento em que estávamos, enfim, mantinha a infra-estrutura pra que nós pudéssemos aproveitar as férias com Davi. Ah, e ficava com ele, na casa da minha mãe ou da minha sogra quando, umas raras vezes, saímos pra almoçar fora. À noite, nunca deixamos. Por conta disso, nunca chegamos em casa depois das 22:30, e algumas vezes, dormimos junto com Davi, por volta das 21:30.

Mas voltando ao tema do post, pude perceber, por todo canto, um número cada vez maior de mães que delegam essa função tão gostosa de cuidar de seus filhos para uma terceira pessoa, no caso, as babás. Nos dias em que passamos no hotel, em uma praia próxima à Fortaleza, sempre que ia à cozinha do bebê, via as babás, dificilmente as mães. Na praia, cedinho, também eram as babás que a gente via descer com as crianças. Chegou ao cúmulo do Maurício presenciar a cena de uma babá se servindo na hora do seu almoço, com a criança grudada nela.

Fico me perguntando o seguinte: ” se as pessoas não ficam mais com seus filhos nesses momentos, quando estão de férias, ou nos feriados, ou mesmo nos finais de semana, depois de terem passado a semana tão atarefados, e sem tempo pra eles, quando é que ficam? Ou será que não ficam?”

E as tais babás folguistas, que trabalham apenas nos finais de semana? Se às vezes me incomoda um pouco saber que deixo meu filho aos cuidados de uma outra pessoa durante a semana, o que dizer de colocar uma pessoa estranha dentro da sua casa, apenas nos finais de semana, para continuar te substituindo na funçao de mãe, mesmo quando você está em casa e deveria aproveitar o tempo livre para estar e cuidar do seu filho?

Desculpem-me as que pensam diferente, mas é assim que penso e nesse ponto, sou radical. Repito: sou do tempo em que pai e mãe é que cuidavam de seus filhos.

bjs e fiquem com Deus.

Read Full Post »

De volta

Depois volto com mais calma, com post inédito. Por enquanto deixo esse poema do nosso poetinha. Quanta verdade nessas palavras… bjs

Ivana

POEMA ENJOADINHO

Vinícius de Moraes

Filhos…Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como o queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete…
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filho? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los…
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!

Read Full Post »

Feliz Natal

A todas as meninas companheiras de blog,

Já faz um tempinho que não posto nada por aqui. Mas estou sempre na área, lendo os posts de vocês ou os comentários.

Não vou ficar repetindo aqui como a minha vida anda agitada e eu, sem tempo pra nada. Estou com muito trabalho, e estive envolvida com os presentes de Natal. E os próximos dias serão de arrumação de malas.

De qualquer modo, arrumei um tempinho pra vir aqui e desejar um ótimo Natal pra todas, mamães, futuras mamães, tentantes, enfim, pra todo mundo que frequenta esse nosso cantinho. Viajamos na quarta, dia 23, e ficaremos em Fortaleza pelos próximos 20 dias. Sei que vai ser difícil postar ou até mesmo acessar a internet, afinal, ficarei sem computador em casa. Mas se de repente, estando na minha mãe, eu conseguir acesso, venho pra desejar Feliz 2010.

Desejo pra vocês e suas famílias e muita saúde muita paz em todos os lares. Pra mim, eu não peço mais do que isso. Tenho consciência de que já recebi demais da vida.

Então, muitos bjs pra vocês e principalmente, nos seus bebês.

Ivana e Davi

Read Full Post »

Últimos minutos!!!!

Meninaaaaaaaaasssssss

Faltam pouco minutos para terminar a promoção da Pampers Hipoglós. É só até meia noite!!!!

Participeeeeeeeemmmmmm

Read Full Post »

Mãe em tempo integral

Já faz um tempo queria escrever um post sobre esse assunto. Principalmente depois que vi um texto no blog Mamíferas, em que uma mãe fala da sua experiência como mãe em tempo integral, por opção.

Lá, ela narra as maravilhas de poder acompanhar de pertinho o desenvolvimento de suas filhas, de partilhar momentos únicos ao lado delas, enfim, de cuidar de suas crias, no melhor e mais amplo sentido que essa palavra possa ter.  E aí, vendo-a discrever a sua nova rotina de mãe 24 horas, começou a me dar um cansaço, melhor dizendo, comecei a me sentir meio sufocada.

Diante daquela narrativa, vi que aquilo, definitivamente, não era pra mim. Quero deixar claro, aqui, que respeito e admiro aquelas que seguiram por esse caminho. E não estou falando daquelas que não tiveram opção, mas sim, de mães que preferiram dar um tempo em sua vida profissional para cuidar de seus filhos.

Adoro ser mãe, nunca pensei que fosse tão bom e gratificante. Meu filho, hoje, é a melhor coisa da minha vida. Ouvi-lo chamar “mamãe” com aquela vozinha é algo  indescritível. Sentir a reciprocidade do amor que eu dou a ele, ganhar abraços espontâneos  e beijo muito melados, perceber que já sabe qual o meu papel na vida dele, só pode falar quem já passou por isso.

Mesmo assim, pra mim, a simbiose entre nós dois acabou no dia 27/07/2008, ou seja, no dia em que ele deixou o meu ventre e pulou pra dentro da vida, como dizia o poeta. Se bem que, quando amamentava, ainda pensava existir essa simbiose…ledo enngano.

Tenho a plena consciência de que sou um indivíduo, tenho meus sentimentos próprios, necessidades que precisam ser satisfeitas, e muitas delas não estão ligadas ao meu filho. Tenho desejos e sonhos que dizem respeito só a mim.

E mais, sou uma profissional, batalhei muito por isso, gosto de me sentir produtiva, não só como mãe e dona de casa. Gosto do meu trabalho e de ser reconhecida por ele. Gosto de ter colegas de trabalho com quem eu saio de vez em quando para almoçar ou fazer um happy hour. Sem a menor culpa.

Então, ser mãe em tempo integral nunca passou pela minha cabeça. Claro que as preocupações com babás são eternas. Agora mesmo estou passando por isso, com a substituição da minha. Mas procuro estar muito presente, na minha casa e, sobretudo, na vida do meu filho. Quando estou em casa, sou eu quem cuido dele, troco fralda, dou remédio, banho, dou jantar algumas vezes na semana. Coloco pra dormir toda noite, e nos fds durante o dia também. Se ele acorda a noite, nunca chamamos a babá. Somos nós quem o acalentamos. Depois que eu chego do trabalho, tomo meu banho, e dispenso  a babá. Sento no chão com ele e brincamos até a hora dele dormir. Não sei se por isso, meu filho, apesar de gostar da babá, não é apegado a ela. Não damos espaço.

Claro que eu posso me dar ao luxo de sair mais tarde para o trabalho, ou chegar mais cedo. E de almoçor em casa todos os dias. Ou de faltar uma manhã ou uma tarde pra ficar com ele, levá-lo ao médico, ao shopping, enfim, fazer o que der na telha. Agora mesmo, estou pensando em colocá-lo na natação, e pra isso irei com ele duas vezes na semana de manhã.

Bem, já me prolonguei demais nesse post. O meu objetivo foi somente colocar uma opinião, bem pessoal, de como eu vejo essa questão. De qualquer modo, meus parabéns a todas as mamães que exercem digna e lindamente a maternidade, seja em período integral, ou não.

bjs

Ivana

Read Full Post »

Casa Nova!!!!

Uma mudanca na vida da gente eh sempre bem vinda e essa nao poderia ser diferente.

Depois que mudamos pra ca, muita coisa boa aconteceu, a Glenda engravidou naturalmente, muitas meninas postaram e estao dividindo suas historias com a gente, etc, etc, etc….

Estou sentindo que aqui ainda trara muitas novidades para nos, esse blog vai ganhar muitos bebezinhos jaja. As meninas que nao receberam os seus ainda, irao recebe-los e nos contarao as novidades dessa nova fase, se Deus quiser.

Entao, pra comemorar essa nova fase, que tal uma grande festa????

E quem sai ganhando eh claro que sera vc, queridio(a) leitor(a), quer saber como????

Espere ate amanha que a gente te conta.

Mas antes deixe um comentario e se apresente.

Inte mais!!!

Beijos e fiquem com Deus

Familia Mamaes a Bordo.

Read Full Post »

Older Posts »